solar-collector-1216342-small

Balanço das conexões de microgeração da Aneel mostra um salto na instalação de painéis solares no Brasil

A microgeração de energia foi regulamentada em 2012, por uma resolução da própria Aneel. Os consumidores podem instalar painéis solares em suas casas, gerando sua própria energia. Além disso, o painel é conectado à rede elétrica. Assim, quando o consumidor não está precisando usar a energia – por exemplo, numa tarde ensolarada em que os moradores estejam fora da residência –, o painel envia essa eletricidade para a rede, e o consumidor ganha créditos, como se estivesse “vendendo” energia. No começo do ano, essa resolução foi atualizada, permitindo a geração em condomínios.

A Aneel permite a microgeração para uma série de fontes, mas a que mais se beneficia é a solar. Segundo os números, das 5.040 conexões existentes, 4.955 são de energia solar. As demais se dividem em biomassa, hidráulica e eólica.

Minas Gerais é o estado que mais se destaca em microgeração de energia solar no Brasil, seguido por São Paulo e Rio Grande do Sul.